.post img { max-width: 500px; height: auto;

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

Revestimentos feitos para facilitar a nossa vida - Tijolinho de poliuretano!

Não me canso de admirar o quanto o mercado tem oferecido novas alternativas de materiais visando além da questão da sustentabilidade, o aspecto de facilidade de instalação que muito nos interessa, pois sabemos que uma obra propriamente dita pode resultar em transtornos economicamente inviáveis e que acima de tudo levam um tempo precioso que nem sempre dispomos.

Daí o meu encantamento com os materiais que permitem que a instalação seja feita por nós mesmos ou que sejam rápidas, sem resíduos e de alta durabilidade. Temos alguns exemplos que já falamos aqui no blog como o piso vinílico, o azulejo adesivo e neste post vou falar sobre um revestimento que tem a aparência de tijolinho aparente (o acabamento é excelente) e conheci na ExpoRevestir de 2015.

Imagem: Decora GNT - Projeto Marcelo Rosembaum

O que me motivou a falar deste assunto foi um vídeo sobre a instalação que recebi no meu Facebook  esta semana e a feliz coincidência de assistir ontem o material em aplicação no Decora da GNT em um projeto do arquiteto Marcelo Rosembaum. É o segundo projeto em que o vejo aplicar o Ecobrick, desta vez em um Estúdio de Tatuagem. Olhem o resultado, não é muito lindo?

Imagem: Decora GNT - Projeto Marcelo Rosembaum


Sobre o material: O Ecobrick (fabricado pela Santa Luzia) é um produto produzido a partir de flocos selecionados de poliuretano (PU) reciclado, uma espuma utilizada em sistemas de refrigeração e transformado em blocos de diversas tonalidades que se assemelham ao tijolinho de cerâmica.  Além de ter aquela estética industrial muito comum em lofts, o material tem função acústica e térmica e é super fácil de aplicar podendo ser cortado com estilete ou serra e aplicado com cola especial. Além disto o material é fabricado a partir de grande percentual de matéria prima reciclada tais como sucatas plásticas à base de poliuretano contribuindo com a preservação do meio ambiente e o uso sustentável de recursos naturais.

Imagem: Santa Luzia


Imagem: Santa Luzia

O Ecobrick é um produto muito resistente, não lasca, não mofa, não apodrece nem quebra com facilidade além de ser muito leve. Pode ser cortado para dar acabamento nos cantos, é resistente à umidade (sendo ideal para paredes com este problema) e indiferente a ataque de cupins por exemplo. Além de tudo isso o material mantém as características do poliuretano sendo portanto isolante térmico e acústico. O material pode ser aplicado em áreas internas ou externas e pode receber pintura.

Imagem: Decora GNT - Projeto Marcelo Rosembaum

Este foi o primeiro projeto em que vi a aplicação do Ecobrick, neste caso na cor branca.

Imagem: Decora GNT - Projeto Marcelo Rosembaum


Imagem: Decora GNT - Projeto Marcelo Rosembaum

A coleção é dividida entre Linha Ecobrick (cores: Branco, Branco envelhecido, Areia, Areia envelhecido, Tijolo, tijolo envelhecido, Tijolo Inglês, Terracota, Marsala e Ferrugem) e Linha Ecobrick Glamour (cores: Pérola Branca, Pérola Negra, Ouro, Prata e Cobre). Todas as cores podem ser encontradas no tamanho pequeno (75x135x9mm) e grande (75x270x9mm). É importante verificar no momento da compra, pois a linha Boutique somente pode ser aplicada em áreas internas.


Imagem: Santa Luzia


Observe o material em detalhe? Parece uma imitação de mau gosto??? Eu acho que nããããão!!!

Due Sorelle Cortinas e Decorações Ltda: Ecobrick Santa Luzia:
Imagem: Santa Luzia


Imagem: Santa Luzia
    

Os vídeos são a parte mais impressionante deste material. Muito simples de instalar!!

Vídeo: Santa Luzia


Vídeo: Santa Luzia



(Pesquisa baseada em alternativas encontradas no mercado sem vínculo financeiro com a marca)
(Não é publieditorial)

4 comentários:

  1. Carla,
    Que lindos,adorei conhecer essa alternativa. Creio que deve ter algo parecido aqui na Espanha com o Ecobrick. Eu já vi muitos DIY com tijolinhos feitos de isopor(poliestireno),mas fico com medo de lascar, mesmo usando um tipo P3 ou P4.Queria colocar numa parede na minha sala.Os de verdade, nem pensar, muita sujeira...rsrs...
    Besitos e bom fim de semana

    ResponderExcluir
  2. Excelente matéria. Mais uma vez superando expectativas.

    ResponderExcluir
  3. Anônimo25/2/16

    Caríssima Carla, em nome da equipe da Santa Luzia, agradeço a menção aos Ecobricks e aproveito para esclarecer que eles são revestimentos de parede produzidos a partir de flocos selecionados de poliuretano (PU) reciclado, uma espuma utilizada em sistemas de refrigeração - e não de isopor. Algumas das imagens do post não são de Ecobricks e nem de produtos da Santa Luzia, como é o caso das que têm legenda Ecobrick Capuccino e Ecobrick Mercure. Essas cores não se referem a Ecobricks. Fique à vontade para nos consultar pelo Sac - email: sac@industriasantaluzia.com.br/ tels. 03001451300 e 48 36511324. abs Francisca Alves, assessora de imprensa da Santa Luzia (email: francisca@fave.com.br)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Post editado, obrigada pelo toque!!!

      Excluir

Agora me contem o que acharam do post!!