Páginas

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Poltronas multifuncionais em diversos estilos

Vocês podem até se perguntar: Como uma poltrona pode ser multifuncional se afinal de contas ela foi feita para sentar? O sentido de diversidade de funções neste caso se deve à capacidade deste móvel em particular, de proporcionar diversos efeitos em um ambiente: Uma poltrona quando combinada a uma luminária cria um confortável espaço de leitura; dependendo de sua posição divide e define micro espaços em um mesmo ambiente; e principalmente, uma poltrona tem a característica de definir ou enriquecer o estilo de uma decoração. 

Mesmo o mais neutro dos espaços não fica indiferente a uma poltrona de boa qualidade e design, principalmente se a isto for combinado um material nobre ou uma cor marcante. Nada de recantos obscuros e sem função: Uma bela poltrona resolve o problema com muito estilo! E claro, tinha que fazer a minha seleção de preferidas, cada uma por uma razão diferente, que vou demonstrar através das imagens abaixo.

Um espaço rústico pela característica dos materiais (madeira e cimento) ganhou um ar requintado com esta bela poltrona Barcelona, um clássico do design de Mies Van Der Rohe. A mesma poltrona em couro branco criaria um efeito completamente diferente, mas ainda elegante e moderno.




Assim como a Barcelona, uma outra poltrona que tem acabamento em capitonê (estes botões aplicados sobre o estofado) é a Poltrona Costela de Martin Eisler. A grande diferença entre elas é o estofado de linhas mais orgânicas e o fundo em madeira com este desenho que se assemelha a uma costela realmente. O efeito no espaço é um pouco mais aconchegante e despojado. Tenho que confessar que o couro natural com um tom levemente caramelo é definitivamente meu preferido!


Estrutura em ferro pintado e madeira maciça lustrada
Revestimento em couro ecológico ou natural.




Uma poltrona que eu adoro, principalmente por suas linhas femininas e formato acolhedor é a Poltrona Butterfly de Antonio Bonet. É aquele tipo de móvel que se assemelha a uma obra de arte, principalmente pela beleza de suas formas e da textura singular do couro natural.






A poltrona Charles Eames é um amor antigo... com um conjunto magnífico desta poltrona com o pufe, para que outros móveis?! É daqueles elementos da decoração que são capazes de preencher uma sala, um hall, ou qualquer área instantaneamente. No caso desta poltrona em especial eu considero que o efeito não deve ser de um acessório ou complemento. Ela foi feita para ser atração principal, ideal para espaços de transição entre ambientes ou um refúgio de conforto para os momentos de descanso.





A Poltrona Castelo, com acabamento próprio das poltronas em estilo Chesterfield é um daqueles clássicos que se encaixam perfeitamente na decoração de qualquer espaço. Considero o acabamento em couro preto o mais interessante, pois garante ao móvel um aspecto masculino, mas ao mesmo tempo faz um contraste muito elegante com os pés em madeira torneada, que suavizam o seu desenho. Transita tranquilamente do escritório à sala de estar com muito estilo e personalidade.




E para finalizar eu não poderia deixar de mencionar as tão versáteis e confortáveis poltronas com capa! Quando conheci a Poltrona Jade da Modernidade Móveis reconheci neste móvel um conceito muito moderno de conforto aliado à sustentabilidade. Isso porque poltronas com capa são móveis que têm uma vida útil impressionante, principalmente pela facilidade de limpeza e pela possibilidade de com o tempo simplesmente fazer outra capa. A melhor parte: foi-se o tempo que poltronas com capa eram coisa de quarto de bebê. Uma poltrona como esta faz bonito em qualquer ambiente da casa com o bônus de resistir às investidas do tempo, dos animais de estimação e das crianças, sendo um daqueles móveis do jeito que a gente gosta: feitos para usar!!



Querem saber de uma dica preciosa? Quanto mais clara for a capa, mais tempo ela dura! Isso porque permite lavagens constantes sem desbotar. Temos na família duas poltronas com capas brancas que já duram mais de dez anos!!

Grande abraço a todos!!!

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Cabeceiras para cama box: criativas, funcionais e feitas para economizar espaço

Praticamente unanimidade na decoração dos quartos, o uso de cama box é sinônimo de conforto e economia de espaço. Isso sem deixar de destacar um aspecto muito importante deste tipo de cama que é a liberdade para soltar a imaginação e criar a sua cabeceira personalizada. Este tipo de cama permite que o espaço seja melhor aproveitado e que as cabeceiras façam parte da arquitetura do ambiente, integrando o móvel ao espaço de uma forma mais orgânica, além de possibilitar que se agreguem novas funções aos espaços das laterais e da cabeceira.

Este projeto é um exemplo desta integração da cabeceira com o mobiliário: Observem que os nichos aproveitam o encontro do armário (com portas de espelho) e a cabeceira da cama, permitindo que este espaço lateral seja usado como uma pequena bancada. A cadeira em material transparente contribui para que o volume visual seja suavizado.

Imagem: Casa Abril


O projeto abaixo tem o mesmo princípio da cabeceira revestida em madeira, mas nas laterais foram fixados criados mudos no mesmo material, liberando o piso, recurso que reforça a impressão de que o espaço é maior. Uma parede em gesso na mesma profundidade do painel criou um nicho horizontal com iluminação indireta, o que faz com que o espaço pareça mais largo.

Imagem: Casa Abril

Imagem: Casa Abril

O painel de cabeceira é uma excelente alternativa para layouts com cama sob a janela, pois funciona como um acabamento natural para a base das cortinas e para garantir a simetria da composição, pois observem, a  janela não está centralizada, mas o uso do painel de cabeceira na mesma cor da parede e da cortina diminui esta impressão.

Imagem: Casa e Jardim


Cabeceiras funcionais, com criado embutido são ideais para aqueles que precisam de muitos itens junto à cama e fazem questão de organização e uma decoração sem excesso de elementos no quarto.

Imagem: Pinterest


Imagem: Pinterest


Painéis em madeira funcionando apenas como cabeceira e apoio para pequenos objetos e quadros formam um belo contraste com a parede e preservam a pintura nesta área.

Imagem: Referans Design blog


Além disso a faixa horizontal proporciona a ilusão que o quarto é mais largo.

Imagem: Referans Design blog


Várias são as possibilidades de acabamento para os painéis, produzindo efeitos diversos.

Imagem: Casa Claudia


Uma faixa estampada cheia de cor com acabamento em espelho garante bastante personalidade à cabeceira e faz deste elemento o ponto de destaque da decoração.

Imagem: Casa Abril


Entre as alternativas em madeira as tábuas em madeira de demolição criam um ambiente aconchegante com um toque de rusticidade além do colorido fantástico da madeira natural. 

Imagem: Pinteret


O acabamento em laminado de madeira é um fundo perfeito para uma decoração clean e sofisticada.
Os veios na vertical acentuam a altura do pé direito fazendo com que pareça mais alto..

Imagem: Casa Claudia

...e os veios na horizontal fazem o espaço parecer mais largo como mencionamos antes. Outra dica: O painel deve preferencialmente ter altura suficiente para acomodar os travesseiros e deixar pelo menos uma faixa aparente da madeira de pelo menos 10 cm.

01-como-escolher-a-mesa-lateral-para-um-quarto-pequeno
Imagem: Casa Abril


As cabeceiras em painel são a base perfeita para embutir uma iluminação indireta criando um efeito muito confortável e um novo cenário para a decoração do espaço. 

Imagem: Casa e Jardim


Imagem: Pinterest


Os painéis alcochoados são ideais para quem tem o hábito de ler antes de dormir, proporcionando um encosto confortável, além das diversas possibilidades proporcionadas pela grande variedade de tecidos. Sugiro sempre cores neutras ou estampas geométricas simples (listras, por exemplo) para facilitar no momento de coordenar com a roupa de cama, ampliando as opções de composição.

Imagem: Casa Abril


Uma simples prateleira é uma opção suficiente para dar acabamento à cabeceira sem altos custos. O princípio básico é que seja instalada na largura de toda a parede. Para incrementar o efeito a prateleira funcionaria ainda como acabamento ideal para um papel de parede ou pintura para marcar a área.


Imagem: Casa Abril


Em resumo: Mil possibilidades para deixar a imaginação solta!

Grande abraço a todos!

quinta-feira, 16 de outubro de 2014

Apartamentos pequenos cheios de truques!

Esta é para mim a melhor definição do que é necessário fazer para aproveitar todos os espaços em apartamentos pequenos: truque! Afinal aproveitar todos os cantinhos disponíveis evitando de todas as formas a impressão de confinamento que o excesso de armários pode trazer não é uma tarefa fácil. Nos dois apartamentos abaixo, publicados na Revista Minha Casa, temos alguns exemplos de aproveitamento de espaço que eu vou ajudar a identificar com vocês:

Neste apartamento a opção de locar a geladeira logo na entrada teve como justificativa aproveitar ao máximo a luz natural proveniente da área de serviço. Para ocultar a lateral do eletrodoméstico foi criado uma parede falsa que funciona como adega. 


A bancada contínua com cooktop embutido garante uma maior quantidade de armários, situação ideal quando o forno não e algo usado com frequência. As portas em vidro jateado garantem a passagem de iluminação natural e escondem a área de serviço.

 
Entre a cozinha e a sala de estar um pequeno balcão com profundidade suficiente para organizar louças e utensílios menores, liberando espaço nos demais armários.


Na sala sempre digo que não vale economizar no tamanho do sofá, neste móvel conforto é essencial. A melhor alternativa para suavizar suas dimensões é escolher uma cor de menor impacto visual como o bege ou cinza claro. A TV fixada na parede reduz centímetros preciosos no móvel inferior.



Este segundo projeto é um exemplo perfeito de um layout eficiente, pois transformou um espaço único em pequenos ambientes com funções diferentes. Observem como o uso da cor ajudou a definir os espaços: a parede vermelha marca o espaço de jantar definido por uma bela mesa de madeira de demolição. Na cozinha um mosaico de azulejos com fundo branco garante um toque de cor com suavidade.


Um pequeno nicho na parede entre a sala e a cozinha funciona como um escritório.



Detalhe do armário inferior onde fica camuflada a impressora.


Grande abraço a todos!!! 

quinta-feira, 9 de outubro de 2014

Decoração funcional e lúdica para crianças!

Impossível não lembrar destes danadinhos esta semana!!! Afinal neste domingo é o dia especial dedicado a eles. E me contem: que dia não é dia das crianças?? Que mãe não tem os filhos na cabeça o dia inteirinho, em meio à correria do trabalho, entre uma reunião e outra? Uma lembrança boa que ao mesmo tempo preocupa e aquece o coração da gente... assim é ser mãe afinal!

Então dedico este post a ideias para proporcionar conforto e estender às nossas crianças o prazer de estar em casa, a segurança de ter um espaço só seu, mesmo que seja um cantinho na sala ou no corredor. Um espaço para interagir com eles, afinal eles nada mais querem que a nossa atenção.

Que ideia interessante a deste projeto: Além de permitir a delícia de riscar o quadro branco, ainda deixa bem ao alcance das mãos um rolo de papel branco para rasgar e pintar no chão, algo que eles adoram. A pintura na parede traz o clima lúdico de floresta ao espaço.

Ideias lúdicas em cinco quartos de crianças - Casa


Este projeto partiu de uma ideia simples: O suporte para o rolo é um bastão para cortina! Os baldinhos foram pendurados na parede com ganchos autoadesivos. Um cantinho de pintura super legal feito pela Ana Medeiros do blog A Casa que Minha Avó Queria.



Pintura tipo quadro negro na parede é diversão na certa!!

Imagem: Decore com Gigi


Uma de minhas brincadeiras preferidas quando era criança: fazer cabana sob a mesa!! Quem dera minha mãe me fizesse uma coisa linda como estas!!! Pelo menos os cobertores e as toalhas de mesa iam durar mais tempo limpos...rssss



Cantinho de leitura com tudo que tem direito: Quadro negro, caixotes para brinquedos e muita cor!

Para os livros, a arquiteta Olivia Messa criou um painel. Os brinquedos ficam em caixas, ao alcance do menino de 4 anos


Poderia existir uma maneira mais simples (e fofa) de organizar as Barbies?


Imagem: Pinterest


Uma marcenaria mais elaborada com espaço para organizar brinquedos e material escolar.

Quarto de menino
Imagem: Pinterest


Caixotes de feira em cores vivas podem se transformar em excelentes organizadores nas paredes. O detalhe colorido e confortável ficou por conta do carpete que simulou um efeito de gramado.



Este projeto é o melhor de todos!! Meu filhote mais fofo do mundo!! Esta é a minha foto preferida de quando ele era pequeno. Agora está um rapaz de 14 anos, mas ainda é e sempre será o meu bebê!
Amo demais!!!! Feliz Dia das Crianças a todos!!


segunda-feira, 6 de outubro de 2014

Portas de cozinha com escotilha + Pesquisa de Mercado Arquitrecos

Além do inegável aspecto decorativo, as escotilhas para portas de cozinha são um acessório super funcional, pois permitem que o layout do espaço ocupe com armários mesmo as paredes perpendiculares às portas possibilitando que se veja a pessoa que está do outro lado, evitando acidentes. Foi o que fiz na minha cozinha, onde pude ter uma bancada maior aproveitando toda a parede. O mais difícil foi achar a escotilha pronta para instalar, mas encontrei uma loja na internet e vou indicar para vocês. A minha ficou assim, toda linda em minha porta vermelha pintada por mim!!


A função da escotilha atende o mesmo princípio da porta vai e vem, super prática para cozinhas por permitir abrir a porta nos dois sentidos sem o uso das mãos, o que é muito conveniente, especialmente quando é necessário servir a mesa. 

Cozinha 3. A porta bangue-bangue facilita a entrada para a cozinha principal. “Prática, a escotilha deixa entrever a passagem das pessoas, evitando acidentes”, diz Renée. Usados como arremates dos móveis, os rodapés de madeira medem 15 cm de altura.
Imagem: Casa Abril

Alguns modelos de porta como o da imagem acima, já são executados com o recorte para o vidro. No meu caso instalei a escotilha em alumínio, recortada na porta existente e instalada pelo meu marceneiro como na situação abaixo.

Imagem: Minha Casa

Imagem: Minha Casa

A próxima imagem é um excelente exemplo do aproveitamento do layout de toda a parede perpendicular à esquerda com a bancada. Se a porta não tivesse escotilha seria arriscado ter um armário sob a bancada junto à porta, pois caso as duas fossem abertas simultaneamente haveria o risco de acidentes. Uma simples abertura na porta ampliou significativamente a quantidade de bancada e armários nesta cozinha.
Imagem: Casa e Jardim

Na porta amarela, além do charme especial dado pela cor, um destaque para uma segunda abertura na base da porta, feita para permitir o livre trânsito dos gatos da casa pelos ambientes. Muito fofo!



A tripla escotilha funcionou como um elemento funcional e decorativo para este espaço.

Imagem: Casa Claudia


Aqui a escotilha reforçou o estilo navy da decoração dado pelo uso das cores.

Imagem: Casa e Jardim


Abaixo dois modelos de porta em madeira. No primeiro modelo a opção foi pela abertura retangular.

Fotos Edu Castello
Imagem: Pinterest


Imagem: Casa e Jardim


E caso você queira ter a sua, eu comprei nesta loja e recebi tudo direitinho, dentro do prazo.
Para instalar preferi pedir a um marceneiro, pois o corte da porta não é algo simples de fazer.


PESQUISA DE MERCADO ARQUITRECOS - Escotilhas para portas
(Pesquisa baseada em alternativas encontradas no mercado sem vínculo financeiro com as respectivas lojas)
(Não é publieditorial)


Esta foi a que eu comprei - No site tem até a foto da minha cozinha que mandei para ele na época!




No site eles têm outras dimensões disponíveis, com ou sem vidro.

Grande abraço a todos!!!