.post img { max-width: 500px; height: auto;

terça-feira, 13 de dezembro de 2016

Renove sua casa com materiais ecológicos e fáceis de instalar

Já falei algumas vezes aqui no blog sobre materiais com características sustentáveis compostos por materiais reciclados e quando assisti o vídeo abaixo (já divulguei na fan page da página) resolvi novamente tocar neste assunto, pois além das vantagens para o meio ambiente e a redução na produção de entulho, é um material extremamente simples de instalar! Então inicio o post com este material fabricado a partir de PET reciclado pós consumo e ao longo do post conhecerão materiais de outros fabricantes que reaproveitam até lâmpadas fluorescentes!! Confiram o vídeo onde as pastilhas são instaladas simplesmente com cola de contato!!


 Pastilhas fabricadas em PET - Rivesti (Fonte: Rivesti)

Estas pastilhas são 100% recicláveis e possuem em sua composição 98% de materiais reciclados, obtidos a partir de embalagens de PET pós-consumo. Essas embalagens, depois de serem descartadas pelo consumidor final, são recolhidas por cooperativas e processadas por empresas recicladoras. O resultado é uma resina PET reciclada com as mesmas qualidades do PET virgem. As pastilhas ecológicas possuem encaixes laterais que possibilitam o perfeito alinhamento de todas as placas e a uniformidade entre os espaçamentos rejuntados. Pesando até 66% menos que as pastilhas de vidro ou cerâmica, as Pastilhas ecológicas são fáceis de transportar, manusear e instalar.



Benefícios ao meio ambiente: Rivesti reutiliza toneladas de PET que iriam para aterros sanitários, onde ficariam por 400 anos para se decompor. Uma única tonelada de PET reciclado economiza 7,4 m³ de espaço nos aterros e poupa a emissão de 1.241 kg de CO2. Ou seja, 40 m² de pastilhas ecológicas evitam a utilização de 1m³ de área do planeta como depósito de lixo e o lançamento na atmosfera de 166 kg de carbono. Isso significa menos produção de resíduos sólidos e menos emissão de um dos gases que mais contribuem para a mudança climática.

O PET reciclado é adquirido de cooperativas de catadores, gerando bem-estar econômico e social para inúmeras famílias que têm nessa atividade sua única fonte de renda. A reciclagem também é muito eficiente na conservação das fontes energéticas. Várias etapas de produção e muitos recursos são usados para fazer PET virgem, por isso, converter embalagens pós-consumo em matéria-prima economiza 90% da energia utilizada no processo de produção de PET novo.

Além de tudo o material é fácil de encontrar, custam em média R$ 25,00 a placa com 33 x 33 cm. Achei na Leroy Merlin Brasilhttp://www.leroymerlin.com.br/pastilhas-rivesti mas pode ser encontrado em outros sites como Americanas e Submarino.Vídeo do fabricante:




Revestimentos fabricados a partir da reciclagem de lâmpadas fluorescentes - Lepri

Revestimento cerâmico Brick - Produzidos com vidros de lâmpadas fluorescentes, telas de TVs, monitores de computadores e resíduos da produção de louças Deca, o material possui design especial que reproduz a aparência de tijolos de demolição . O revestimento segue o conceito sustentável que a Lepri carrega desde 2005, quando se tornou a primeira empresa a utilizar materiais reciclados na fabricação de pisos e revestimentos. Hoje, 99% do portfólio de produtos da marca são fabricados com materiais descartados.

Resultado de imagem para revestimento cerâmico Brick Mattone Brunello
Fabricante: Lepri

Ecopastilhas - Lepri Possuem textura em alto relevo que forma diferentes desenhos dependendo da maneira em que são aplicadas. São feitas de lâmpadas fluorescentes recicladas, ideais para pisos e paredes de áreas internas e externas, em locais de destaque ou detalhes. As texturas e padrões são bastante variados incluindo o padrão madeira e um grande cartela de cores.

Resultado de imagem para ecomadeira lepri


Imagens: Lepri

As Ecopastilhas são indicadas para todos os ambientes residenciais - inclusive áreas molhadas, como banheiros, lavabos e cozinhas – e comerciais, como lojas, bares e restaurantes. Também são perfeitas para áreas de destaque, como fachadas de prédios.

Resultado de imagem para ecopastilha

Resultado de imagem para ecopastilha
Imagens: Ecopastilhas Lepri


Pastilhas fabricadas com vidros de garrafas recicladas

Pastilha fabricada pela empresa italiana Trend in Green. O revestimento parece papel de parede, mas, na verdade, é uma estampa montada com pastilhas de vidro. Oitenta por cento do material que compõe as peças é proveniente de garrafas de vidro recicladas que, em vez de irem para o lixo, são reaproveitadas, com estilo. Por enquanto, as pastilhas não estão disponíveis para venda no Brasil.

 Divulgação

Divulgação
Imagens:  Trend in Green

Revestimento composto de resíduos plásticos e fibras naturais - Ecoblock

A Ecomadeira da Ecoblock é um produto ecologicamente correto e sustentável composto de 70% de resíduos plásticos industriais e domésticos e 30% de resíduos de fibras naturais como casca de arroz, casca de coco, raspa de couro, juta, dentre muitos outros. Sua aparência, ao contrário ao das madeiras puramente plásticas, muito se assemelha à madeira natural, pois é proveniente de resíduos plásticos e fibras vegetais, resultado de um complexo e patenteado processo de transformação, único no mercado.Resistente a impactos, não racha e não solta farpas. É imune à ação de cupins, pragas, germes e mofos. Não apodrece, é impermeável, podendo ficar exposta a condições climáticas extremas sem alteração de suas características e, para sua limpeza, basta usar a água e sabão. Além disso, dispensa pintura e manutenção.  Fonte: SustentArqui

Ecomadeira



Revestimento composto de  descarte de cerâmica e cimento - Gyotoku

Composto de descartes de cerâmica e cimento processados, o piso Drenac, da Gyotoku, minimiza a retenção de calor. As placas de 20 x 20 cm têm cerca de 80% de capacidade drenante. É um tipo de piso drenante desenvolvido pelo paisagista Benedito Abbud em parceria com a Gyotoku. Produzido com 82% de resíduos de cerâmica e cimento processado industrialmente. Sua eficiência de vazão drenante alcança 82%, o que facilita o escoamento de água, contribuindo para a diminuição de enchentes e a manutenção dos lençóis freáticos.





   As peças de piso drenanante de 30 x 30 cm da Braston (modelo Klasse, na cor tabaco, por R$ 91 o m²) foram alinhadas sobre um berço de pó de pedra. Graças à textura porosa, o material retém menos calor e traz conforto térmico a locais sujeitos a grande insolação. Projeto Cristina Xavier
As peças de piso drenanante de 30 x 30 cm da Braston (modelo Klasse, na cor tabaco, por R$ 91 o m²) foram alinhadas sobre um berço de pó de pedra. Graças à textura porosa, o material retém menos calor e traz conforto térmico a locais sujeitos a grande insolação. Projeto Cristina Xavier


Revestimento composto de  descarte de cerâmica e cimento - Pisoleve


Pisoleve®Seguro - Piso de borracha  para playground 100% pneu reciclado, conta com proteção UV e antichama, e permite 100% da passagem da água o solo, colaborando com a permeabilização do solo proporcionando também às raízes das plantas e árvores a água necessária. Pisoleve® é fácil de aplicar, moldado no local, não necessitando de cola ou remoção do piso existente. Este Piso reciclado é composto de duas camadas: A primeira camada de acabamento feita a partir de grãos de borracha de pneu reciclado com granulometria controlada, tingidas com  pigmentos e PU e espessura de 1 cm. A segunda camada de base de amortecimento composta por lascas de borracha de pneu reutilizado e PU, propiciam o amortecimento ideal para quedas em até 3 metros de altura.

Resultado de imagem para piso de pneu reciclado



Revestimentos em cortiça - 1st Floor

De origem vegetal, a cortiça além de suas características de isolante térmico e acústico chega para compor com estilo o time de revestimentos verdes da vez. O material é retirado da casca do tronco do sobreiro, árvore que se recompõe rapidamente, sendo considerada uma fonte de recursos renovável. Da marca 1st Floor, a linha Muratto é desenvolvida totalmente em cortiça, de vários tons, para cobrir paredes e até o teto.

Wicanders  Organic Blocks - Linha Peak







Painéis fabricados com fibras vegetais - 3DBoard

3D board e um novo tipo de material de decoração para interiores. Moderno e simples, a sua composição é totalmente natural e ecologicamente correta utilizando de fibras vegetais processadas mecanicamente sem a utilização de químicos nocivos à saúde. O seu design é inspirado em obras artisticas criando ambientes vivos de texturas atraentes  e cores variadas.

Resultado de imagem para revestimentos de materiais reciclados


Revestimentos em madeira certificada - Concreta

O mosaico em madeira certificada Concreta é um revestimento natural feito artesanalmente, criado e produzido no Brasil. Feito de matéria prima reciclável e proveniente de fontes renováveis, é atóxico, e colorido naturalmente em toda a sua espessura. Mosaico em madeira certificada  e resistente a umidade.

revestimento sustentável



Revestimentos slim para sobreposição - Porcelanatos

O Porcelanato de Sobreposição (ou slim) pode ser aplicado com argamassa específica sobre pisos e paredes internos sem a retirada do revestimento anterior, diminuindo os resíduos da construção civil. O porcelanato tradicional medem 10mm de expessura aproximadamente enquanto que os porcelanatos extra finos apresentam espessura média de 4 a 5mm. O Porcelanato extrafino Portobello por exemplo é encontrado em diversas cores e texturas e podem ser aplicados em pisos, paredes e fachadas.


Fotos Carlos Cubi
PORCELANATOS SLIM (Fonte: Casa e Jardim)

1. Com 3,5 mm de espessura, o Dark Gray, da linha Laminum Beton da Eliane, é o porcelanato mais fino do país. A peça de 1 x 1m custa R$ 211,05 o m²
2. Da linha Slim, o porcelanato Pietra, da Portinari, possui 5,5 mm de espessura. As peças de 90 x 90 cm têm preço de R$ 259,90 o m²
3. Monocromático em preto, o porcelanato Slim Black, da Neostone, tem 4 mm de espessura. Mede 60 x 60 cm e sai por R$ 254,96 o m²
4. Extrafino, o porcelanato Thenac Stone, da Portobello, possui 4,7mm de espessura. Com medidas de 60 x 60 cm, custa R$ 99,90 o m²
5. Resistente para piso e parede, o porcelanato Sense White, da Gyotoku, tem 6 mm de espessura. A peça de 60 x 60 cm fica em torno de R$ 100 o m² 
Grande abraço a todos!!!!


Um comentário:

  1. São ótimas ideias, como sempre, Carlita, e os resultados são lindos. Mas fiquei apaixonada mesmo foi pelo piso drenante. Fantástico!
    Abraço!

    ResponderExcluir

Agora me contem o que acharam do post!!